REFERÊNCIAS

Bernardes, A. G. & Hoenisch, J. C. D. (2003). Subjetividade e identidades: possibilidades de interlocução da Psicologia Social com os Estudos Culturais. In: Guareschi, M. F. & Bruschi, M. E. Psicologia Social nos estudos culturais: perspectivas e desafios para uma nova psicologia social. Petrópolis, RJ: Vozes.

Butler, J. (2002). Cuerpos que importan: sobre los limites materiales y discursivos del “sexo”. Buenos Aires: Paidós.

Daólio, J. (2001). Antropologia Social e a Educação Física: Possibilidades de encontro. In: Carvalho, Y. M. & Rubio, K. (Orgs.) Educação Física e Ciências Humanas. São Paulo. Ed. Hucitec.

Deleuze, G. & Guattari, F. (1996). Mil Platôs. Vol. 3. Rio de Janeiro: Ed. 34.
Deleuze, G. (1992). Conversações. Rio de Janeiro: Ed. 34.
Foucault, M. (1977). Vigiar e Punir: história da violência nas prisões. Porto Alegre: Vozes.

Goellner, S. (2003). A produção cultural do corpo. In: Louro, G. L. & Neckel, J. F. (Orgs.). Corpo, Gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. Petrópolis, RJ. Ed. Vozes.

Haraway, D. J. (2000). Manifesto ciborgue: ciência, tecnologia e feminismo – socialista no final do séc. XX. In: Silva, T. T. (Org.). Antropologia do ciborgue – as vertigens do pós-humano. Belo Horizonte: Autêntica.

Kunzru, H. (2000). Você é um ciborgue: um encontro com Donna Haraway. In: Silva, T. T. (Org.). Antropologia do ciborgue – as vertigens do pós-humano. Belo Horizonte: Autêntica.

Lemos, A. (2004). Cibercultura, tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre, Sulina, 2ªed.